Caso Gugu: "Ela esteve internada entre a vida e a morte", diz advogado de Rose Miriam

Nelson Wilians. Reprodução/Internet
Nelson Wilians. Reprodução/Internet

Mais um capítulo veio à tona com o caso Augusto Liberato. Após especulações que um suposto companheiro do apresentador estaria de olho na fortuna dele, o advogado Dr. Nelson Wilians, que defende a viúva Rose Miriam, esclareceu o porquê e como ela teria assinado um 'acordo' com o ex marido.

Em entrevista concedida à colunista Fábia Oliveira do Jornal "O Dia", Dr. Nelson explica: "Ela esteve internada entre a vida e a morte no Albert Einstein. Isso está documentado, diga-se de passagem, fartamente documentado. Agora, basta pensar e raciocinar. Por que no documento que ela "assinou" a administração do dinheiro deveria ser feita pelo irmão e seria depositado na conta do irmão? O motivo é obvio: Rose estava sem condições de administrar nada naquela ocasião", relata.

Ainda sobre o por que tamanha briga por dinheiro, Wilians deixou claro que a questão envolve muito mais justiça que qualquer quantia: "Não é uma mera briga por dinheiro. É uma briga por reconhecimento de uma vida dedicada à família. É uma briga pelo que é direito e justiça. Reconhecimento é o termo certo e os filhos vão agradecer, se não hoje, no futuro com certeza. Tudo que ela ganhar será doado aos filhos com usufruto para a Rose de apenas uma parte para sua manutenção".

Reprodução/Internet
Reprodução/Internet