Coronavírus: Príncipe Charles troca 'aperto de mão' por 'namastês'

Reprodução/Internet
Reprodução/Internet

Obcecado com organização e limpeza e tido também como meio hipocondríaco, o príncipe Charles encontrou um jeito bem prático de se proteger do novo coronavírus. 

Presente na missa em comemoração pelo Commonwealth Day que foi celebrada nessa segunda-feira (10) na Abadia de Westminster, em Londres, o futuro rei da Inglaterra e chefe da Igreja Anglicana evitou cumprimentar a todos com apertos de mão e, ao invés disso, distribuiu namastês, aquele gesto de origem sânscrita que se faz juntando as palmas das duas mãos e curvando o corpo levemente para a frente em respeito ao cumprimentado.

Tá certim!!! rs